Cuida da tua Imagem



Cuida tua Imagem
Cuida da imagem que deixa por onde passa.
Que lembrança você anda gravando nas pessoas?
Você é o símbolo da alegria, da bondade, da esperança ou vive amargurado e passa para todo mundo a dor, a revolta, o desespero, a falta de esperanças?
Por onde você passa você fala de realizações, de boas energias, tem sempre uma boa notícia, uma palavra amiga, um gesto de esperança, ou leva só reclamação, a lamúria constante?
Aonde você chega as pessoas se aproximam para cumprimentar e querem te abraçar com festa ou se afastam dando desculpas?
Se alguém lhe der um espelho agora, seu rosto vai mostrar a alegria de quem tem a certeza da vitória, ou a tristeza de quem se acostumou com a dor e a derrota?
Seu rosto é a expressão de quem espera alguém ou alguma coisa para ser feliz, ou de quem já vive feliz com o que tem?
Deixe em sua caminhada marcas que nunca se apaguem...
Escreva com o coração tudo o que fizer.
Carregue em você a semente da alegria e distribua para todos que se aproximarem. Assim, nunca lhe faltarão amigos dispostos a dividir.
Conquiste amigos em todos os lugares por onde andar e conquistará um tesouro eterno, que nenhum ouro poderá pagar.
Que a sua marca de vida seja a alegria, assim você deixará pra sempre uma lembrança suave de quem será amado para sempre.
Paulo Roberto Gaefke


sexta-feira, 10 de setembro de 2010



Como eu TE AMO...

"Vou contar as formas:

Eu te amo até a profundidade, largura e altura que minha alma pode alcançar,

Quando sentindo longe dos olhos pelo objetivo de existir e de graça divina.

Eu te amo ao nível da necessidade mais silenciosa de cada dia,

Ao sol e a luz da vela

.Eu te amo livremente como os homens lutam pelo direito.

Eu te amo puramente como eles se afastam do elogio.

Eu te amo como a paixão existente em minhas velhas mágoas

E com a fé da minha infãncia.

Eu te amo com amor que eu parecia ter perdido com meus entes perdidos.

Eu te amo com a respiração, sorrisos, lágrimas de toda minha vida.

E se Deus quiser, eu te amarei melhor após minha morte."

Poema de Elizabeth Barrett Browning

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário